segunda-feira, 9 de julho de 2012

Frágil

Olha,
Há dias em que sou frágil,

Frágil como um copo de cristal 

Noutros mar me liquefaço 
E espuma em despedaço-me aos pés
Do rochedo que fui
E já não sou

Há dias em que sou frágil...

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar