sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Solidão

Estou sozinho de olhos abertos para a escuridão. estou sozinho. estou sozinho e nunca aprendi a estar sozinho. estou sozinho. sinto falta de palavras. estou sozinho. estou sozinho. sinto falta de uns olhos onde possa imaginar. estou sozinho. sinto falta de mim em mim. estou sozinho. estou sozinho. estou sozinho.
José Luis Peixoto

Etiquetas:

4 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Cada vez mais nos sentimos assim, sós! Apesar de rodeados de gente, de familiares e amigos... É verdade, a solidão mina-nos.Perdidamente sós!

9 de agosto de 2008 às 15:53  
Anonymous Tânia disse...

Quando te sentires assim só, lembra-te que me tens. Vem ter comigo e iremos dar aqueles nossos passeios pelos poemas, pelos romances, pelos contos e pelas crónicas dos autores de que tanto gostamos. FIco à tua espera!

9 de agosto de 2008 às 16:01  
Anonymous Anónimo disse...

Gosto da imagem,da menina que, sozinha, caminha em busca de algo... Tal como todos nós!

9 de agosto de 2008 às 16:05  
Anonymous Anónimo disse...

Vem comigo ouvir um "fado novo"...sei que vais gostar...Vamos ao You Tube, Camané, "sei de um rio"...e frui...

bjnhos,

maria ana

10 de agosto de 2008 às 11:33  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar