segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Talvez


Há uma escuridão por  de trás do olhar

Há uma ausência de palavras
Como se de usadas, se tivessem gasto
Definitivamente.

Há uma incapacidade de tudo, em tudo,
Uma impossibilidade.

No entanto, o dia é azul e luminoso
E cantam as andorinhas no beiral.

Talvez,  eu apenas tenha mudado
Talvez eu apenas tenha sorrido
Talvez eu apenas tenha morrido...


Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar