sábado, 10 de novembro de 2012

Dilúvio



No céu, a lua alta e redonda
Na terra, as folhas secas de arbustos despidos
Na cabeça, um chapéu preto de lã
Nas mãos abertas, a força de um dia de vento
No rosto, o escorrer da chuva que caía.
No coração, a angústia de uma partida sem chegada.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar