segunda-feira, 26 de maio de 2008

Sou um(a) evadido(a)



Sou um evadido.
Logo que nasci
Fecharam-me em mim,
Ah, mas eu fugi.

Se a gente se cansa
Do mesmo lugar,
Do mesmo ser
Por que não se cansar?

Minha alma procura-me
Mas eu ando a monte
Oxalá que ela
Nunca me encontre.

Ser um é cadeia,
Ser eu é não ser.
Viverei fugindo
Mas vivo a valer.


Fernando Pessoa

Etiquetas:

2 Comentários:

Blogger Carolina disse...

Ora aqui está um interessantíssimo poema do nosso Fernando Pessoa que eu desconhecia.
Banalidades, dizes tu????Não me parece nada banal o teu bloguinho.
Bons textos, belas imagens!
bjh
;))))

27 de maio de 2008 às 12:45  
Blogger leopoldina disse...

lindo, amei...já o conhecíamos. Bj

28 de maio de 2008 às 10:12  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar