sexta-feira, 11 de julho de 2008

Incapacidades

Tento entender porque gritam desatinos e persistem as vozes.
Tento entender aqueles que acreditam nas próprias mentiras como verdades de vida.
Tento entender a sofreguidão dos que querem executar as leis.
Tento entender o barulho na confusão profusa dos dias.
Tento entender esta girândola fantástica de absurdo que rodopia caprichosa.
Tento entender o que me leva a esperar um dia entender o por que espero!

Etiquetas:

5 Comentários:

Blogger Carolina disse...

O que dá a entender é que A Menina que escreve com o título de "Incapacidades" é Uma Menina muito CAPACITADA!
;)))))

12 de julho de 2008 às 11:33  
Anonymous Anónimo disse...

Para quê entender o que não tem entendimento? Tudo há-de ser assim, confusão e, sobretudo, conflito porque os tempos que vivemos são de tormenta... E ela ainda agora é uma criança.
Compreendo bem a sua indignação!

12 de julho de 2008 às 14:46  
Anonymous Alba disse...

As tuas "Incapacidades" deixaram-me a pensar. Sim, agora, todos discutem. Todos se exibem. Todos são soberanos. Todos vêem o que apenas lhes interessa.
Arrasam-nos as convicções. Desbaratam-nos os sonhos. Complicam-nos os nervos.
Ufa, amiga, como havemos de sobreviver???

12 de julho de 2008 às 15:02  
Anonymous Anónimo disse...

Gosto quando é a tua voz que se faz escrever, mesmo que seja de incapacidades....

16 de julho de 2008 às 07:19  
Anonymous charles disse...

...dir-te-ia também que:

Estou cansado...de pensar tudo!
Deixem-me estar aqui
E sentir nesta noite escura
o vento morno de Sul

20 de julho de 2008 às 14:36  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar