quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Incerteza

Olho, apaziaguada, o horizonte alaranjado;
pouco há neste entardecer povoado de lembranças
que não seja o desejo de existir.
Contudo, faz-se tarde,
a noite já se estende até à minha porta
e aos caminhos que trilho.
Todos os caminhos se emaranharam
em impossíveis labirintos
e já não há de onde partir
tampouco aonde chegar.

Etiquetas:

1 Comentários:

Anonymous Mira disse...

Quando chegamos a uma certa altura da vida, tudo é assim: labirintico e confuso; até parece que os demais não se apercebem desta complexidade e nos olham como a bichos estranhos e aborrecidos. Sei do que falas... Sei o que sentes!
Tens de te voltar a ganhar!

19 de agosto de 2009 às 15:29  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar