quinta-feira, 12 de novembro de 2009

No teu olhar

Escuta:
não são os teus olhos
ou os traços do teu rosto
que me encantam!
Antes sim a luz que
os ilumina quando me olhas
atenuando as rugas do meu rosto
e devolvendo-me a doçura
que eu tinha e se perdeu
no avesso de todos os espelhos.

Etiquetas:

5 Comentários:

Blogger Sentidamente disse...

LINDO!
Nunca mais o espelho me devolverá a imagem que eu desejaria!
Houve um tempo, em que o espelho me perseguia e eu nunca me recusava a mirar-me, quando reflectida em qualquer superfície!
Hoje, não sei se o espelho me persegue porque sou eu que fujo dele!
Beijinhos

13 de novembro de 2009 às 16:53  
Anonymous Anónimo disse...

O espelho nunca dá o que queriamos!
Mas o eterno jogo de luzes, ou de outras estratégias como a retórica, fazem de nós "algo mais" pelo menos para o exterior.
O importante é continuarmos a ter alguém que nos valorize "no seu olhar"
Até já
Filipe Fino

14 de novembro de 2009 às 16:34  
Blogger O céu da Céu disse...

Neste jogo de espelhos sinto-me reflectida também.
Foi um prazer enorme encontrar este "Banalidades" assim como "Sentidamente".Um beijinho.

15 de novembro de 2009 às 16:36  
Blogger Carolina disse...

Será que se perdeu?´
Hum!...
;)

19 de novembro de 2009 às 03:15  
Blogger Sentidamente disse...

convite para visita a novo blog:
http://olharesmeus-sentidamente.blogspot.com

19 de novembro de 2009 às 08:36  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar