sábado, 14 de junho de 2008

O Mar


O mar é um todo de coisas vivas: as vagas, as conchas, as algas, os peixes, as sereias, as areias... O mar é um reino onde o onírico flutua livre, lugar de fascínios e de transparências. Tudo ali é íntimo e prodigioso.

Memória de sempre na poesia dos dias.

Etiquetas:

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar