sábado, 23 de maio de 2009

O Mal

Há coisas que não são o que são.
Mesmo o mais azul dos Domingos diz-se cinzento.
Mesmo o amanhecer mais suave faz-se tempestade.
Mesmo o amor mais mel sabe a ódio.
Mesmo o desvelo mais intenso respinga sangue e fel .
A cada passo, mais importa o pervertido que quem traz a luz dos dias
Mais importa a crua e cínica e vã opacidade...
Assim, nunca se concebem azuis e doces os amores
e os Domingos ...
Só opressão.
A propaganda é a alma do diabo já se sabe!

Etiquetas:

7 Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

Venho visitar-te, como todos os dias, e deixar-te um abraço apertado.
E beijos.Muitos.

Manuela Pires

24 de maio de 2009 às 10:52  
Anonymous Anónimo disse...

Já tinha vindo aqui, venho quase todos os dias, mas não encontrei palavras minhas. Acabei por encontrar em Camilo C.B. as palavras para este momento;
"Os dias prósperos não vêm por acaso. São granjeados, como as searas, com muita fadiga e com muitos intervalos de desalento"

Filipe Fino

24 de maio de 2009 às 15:12  
Blogger Sentidamente disse...

Será o direito e o avesso que há em tudo, a transparecer? O sobressair mais de um ou de outro, incontáveis vezes, está nos nossos olhos.

Afinal, não fui a Santiago e também não conheci a Teresinha, (ela não veio a Lisboa). Quando aí for e disponha de tempo, aviso, para combinarmos um cafezinho. Terei muito gosto em conhecê-la pessoalmente.
Beijinhos

25 de maio de 2009 às 04:15  
Anonymous leo disse...

O Mal tem rosto, por vezes de uma angelicalidade desarmante, mas acaba sempre derrotado. No entretanto deixa muitas marcas. Bjs, adoro-te!

25 de maio de 2009 às 11:30  
Blogger Maria José disse...

É só para lhe deixar um beijinho, gosto de ler as suas coisas, um beijinho para a mãe.

25 de maio de 2009 às 13:15  
Blogger Banalidades disse...

Obrigada meus amigos! Que o mal saia SEMPRE derrotado!
Sem vocês como acreditaria de novo em mim?

25 de maio de 2009 às 15:00  
Blogger Teresinha disse...

Já estou como diz o Filipe.
Não encontro hoje, palavras minhas.
Então, vou deixar-lhe estas, já gastas.
"Há males, que vêm por bem"...!
(^_^) bj.

26 de maio de 2009 às 10:05  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar