quarta-feira, 17 de fevereiro de 2010

Restos

Tanto faz se chove
Vendavais de nuvens
Ou sequelas da friagem dos dias...
Já não há reflexo
Ou sombra reflectida sob o sol.
Sequer há sol!
Resta apenas um vago rumor de ausências.
Um ramo de amendoeiras floridas
No muro tosco talhado de pedra
Um olhar vago e cinzento: o meu.

Etiquetas:

3 Comentários:

Blogger O céu da Céu disse...

Cinzento pode ser o começo de muita coisa...mas não o seu fim!
Beijinho

17 de fevereiro de 2010 às 15:37  
Anonymous leo disse...

Linda,
o teu olhar nunca será cinzento.
jinhos

18 de fevereiro de 2010 às 06:12  
Blogger Sentidamente disse...

Quebra a tristeza do cinza, o ramo da florida amendoeira, simbologia do renovar que está vindo…

E se o cinza se infiltrou na alma, por influência do cinza exterior, a alegria e a cor também surgirão, a acompanhar os cambiantes da melodia que é a VIDA!

Beijinho

26 de fevereiro de 2010 às 14:29  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar