sábado, 26 de junho de 2010

Percursos

Passo a passo vou passando
Alongam-se-me os caminhos percorridos Alargam-se-me os ainda a percorrer Nada mais é senão passo e estrada Estrada e passo Até que mais não haja passo Até que mais não haja estrada.

Etiquetas:

2 Comentários:

Blogger She disse...

Obrigada pelas palavras, é sempre uma alegria ter um comentário seu no meu blog. =)

27 de junho de 2010 às 04:19  
Blogger Eduardo Miguel Pereira disse...

Recordou-me imediatamente o grande poeta Castelhano António Machado (o que só por si implica, a meu ver, um grande elogio ao seu belo poema), que muitos citam sem saber quando usam a expressão "o caminho faz-se caminhando".
E já agora, desculpe-me a ousadia, deixo aqui o poema original a que me refiro :

Caminante, son tus huellas
el camino y nada más;
caminante, no hay camino,
se hace camino al andar.
Al andar se hace el camino,
y al volver la vista atrás
se ve la senda que nunca
se ha de volver a pisar.
Caminante no hay camino

27 de junho de 2010 às 13:48  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial

BlogArchive Blog Feed Cabeçalho HTML SingleImage LinkList Lista Logotipo BlogProfile Navbar VideoBar NewsBar